IRRF 2021 – como funciona

Última atualização em 25 de julho de 2019

A maior parte do processo de declaração do IRRF 2021 (Imposto de Renda Retido na Fonte) já foi, entretanto a fase de restituição ainda se mantém. Vários declarantes devem receber algum valor, se você não sabe como está a sua situação IRRF 2021 descubra neste texto.

IRRF 2021

Como funciona IRRF 2021?

A declaração do Imposto de Renda 2021 serve para que brasileiros façam prestação contas a Receita Federal de onde vieram os seus ganhos no exercício anterior que corresponde ao ano de 2020. No início de 2021 entre os meses de Março e Abril ocorreu a declaração do Imposto de Renda 2021 para brasileiros que se enquadravamem tipos definidos.

O prazo para declaração foi até o dia 30 de Abril aqueles que perderam esse prazo poderão fazer a declaração pagando uma multa. Na avaliação nos itens declarados observou-se que alguns brasileirospagaram mais impostos.

Passada a etapa da declaração começou o período para restituição do Imposto de Renda 2021. Esse período correspondeaos meses em que governo devolve a quantia para a mais.

A declaração IRRF 2021 apresenta a idoneidade dos ganhos dos declarantes, permite uma melhor organização de como os impostos estão sendo pagos e o contribuinte tem um conhecimento maior de como está sua situação financeira.

Quem tem dever declarar e direito a restituição ao IRRF 2021?

que tem direito a restituição

Todas as pessoas que moravam no Brasil no ano de 2020 e se enquadraramnos critérios abaixo tiveram a obrigação de declarar imposto de renda 2021.  Entre as especificações estão:

– Ter recebido rendimentos sujeitos à tributação acima de R$28.559,70. Estes incluem a soma de salários, CDB, LC, ações e fundos.

– Ter recebido rendimentos isentos, não tributáveis como, por exemplo, Poupança e LCI e LCA. Enfim, nesse requisito se encaixam qualquer tributo exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil.

– A obtenção de algum ganho de capital derivado da venda de bens e direitos sujeito à incidência de impostos.

– Fez operação na Bolsa de Valores, de mercadorias, de futuros e semelhantes.

– Ter recebido uma receita bruta superior a R$ 142.798,50 na atividade rural.

– Esteve com a posse ou propriedade de bens ou direitos no valor superior a R$300 mil.

– Passou aresidir no Brasil e estava nessa situação em 31/12/2020.

– Optou pela isenção de IR sobre o ganho de capital adquirido com a venda de imóveis residenciais em que o produto foi utilizado para adquirir imóveis residenciais localizados no país, após 180 dias da celebração do contrato.

– Optaram por compensar, no ano-calendário de 2020 ou posteriores, prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020.

Quanto à restituição, apenas tem direito aqueles que fizeram pagamento excedente e referente a imposto. Quem tiver dúvidas pode verificara restituição do imposto de renda 2021 pela Internet.

Leia também:

Carnê leão 2021 – tabela, cálculo, como pagar e como preencher

Consulta a restituição do IRRF 2021

Ao declarar o IRRF 2021 o contribuinte já visualiza se receberá algum valor. No entanto, isso às vezes passa despercebido ou simplesmente, o contribuinte não recorda essa informação.

consultar a restituição do imposto de renda 2021

Em qualquer um dos casos a solução é mesma. Basta quem declarou acessar a página de serviços que a Receita Federal providenciou para isso:

– Entre no site da Receita Federal:

https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp

– Digite seu CPF, sem pontos ou traços.

-Informe que a consulta se refere ao ano de 2021.

– Insira a sua data de nascimento. Não precisa é necessário usar barras, somente os números do dia, mês e ano com 4 dígitos é o bastante.

– Copie os caracteres da imagem e clique no botão Consultar.

Mais uma maneira que a Receita Federal libera para consultar os dados da restituição do imposto de renda 2021 é por meio do aplicativo da Receita Federal. É possível baixar esse aplicativo em smart phones Android e iOS.

Para baixar iOS:

https://apps.apple.com/br/app/pessoa-f%C3%ADsica/id529883041

Parabaixar Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.fazenda.receita.pessoafisica&hl=pt_BR

Para utilizar o aplicativo para saber se há restituição IRRF 2021, logo após abrir esta ferramenta clique em Consulta restituição. Em seguida, é solicitado o número do CPF e o ano que o contribuinte pretende fazer a verificação dos dados.

Quando existe algo que ainda não foi resolvido e clicando na estrela que está próximo estão os detalhes para entender melhor essa situação.

Além disso, no aplicativo estão muitos outros serviços, pertinentes a Receita Federal como consultas o CPF, solicitar a segunda via e realizar serviços para esse documento; execução de serviços para o IRPF; regularização de suspensos pela complementação de dados cadastrais; verificar o cronograma de lotes e o cálculo do imposto mensal e anual.

Cronograma restituição IRRF 2021

A Receita Federal restituí o valor automaticamente. A quantia é depositada na conta que o contribuinte informa no momento da declaração IRRF 2021. Esses retornos acontecem em datas especificas através de lotes.

Destejeito as datas do calendário para restituição do IRRF 2021 que já está em andamento, está definido de acordo com o seguinte modo:

Para 1º lote a data de liberação é o dia 17/06/2021

Para 2º lote a data de liberação é o dia 15/07/2021

Para 3º lote a data de liberação é o dia 15/08/2021

Para 4º lote a data de liberação é o dia 16/09/2021

Para 5º lote a data de liberação é o dia 15/10/2021

Para 6º lote a data de liberação é o dia 18/11/2021

Para 7º lote a data de liberação é o dia 16/12/2021

O que influencia a posição de uma contribuição nesses lotes é a data declaração do IRRF 2021. Isso quer dizer que aqueles que procuram efetuar o envio da declaração nos primeiros dias do período de declaração tem mais chance de estar nos primeiros lotes.

Esses lotes também tem prioridade considerando declarantes preferenciais como idosos, por exemplo. Todos os anos a declaração é entre os meses de março e abril, quem declara primeiro tem direito a receber antes de quem encaminha a declaração tardiamente.

Lembrando também que após esse período há a multa pela entrega com atraso. Todos os esses detalhes são importantes para que o contribuinte fique em dia com o “Leão” e consiga ser beneficiado por isto.

Gabriel

Gabriel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *