Imposto de Renda 2021 – quem deve declarar e como declarar

Todo brasileiro fica com uma ponta de dúvida sobre como poderia fazer a sua declaração do imposto de renda 2021 sem deixar para o último momento a declaração que anualmente é solicitada, e para entender sobre o tema, esse artigo será bem completo para você saber como fazer a sua declaração sem cair na malha fina!

Imposto de Renda 2021

leão Imposto de Renda 2021

O imposto de renda 2021 pode ser caracterizado pela abreviação IR e tem como maior objetivo fazer a cobrança da tributação de todos os brasileiros, sendo eles trabalhadores ou não, mas claro, essa tributação é cobrada apenas com para as regras feitas pela Receita Federal.

Em 2021, existe algumas alterações foram feitas para que o sistema possa obter todas as informações necessárias. Claro que cada região, existe um percentual a ser cobrado onde fará toda a diferença e essa variação de porcentagem pode ser bem distinta, mas claramente vai depender de cada estado.

Requisitos de quem declara IR 2021

Requisitos de quem declara IR 2021

Para aqueles que vão fazer a declaração do imposto e estão cientes que em 2021 já tem algumas alterações feitas nas regras, esse deverá ficar ciente antes mesmo de fazer a sua declaração. Dessa maneira, o contribuinte poderá ajustar todas as informações de acordo com as novas regras estabelecidas que pode ser conferida a seguir:

  • Aquele que receber mais de R$28.559,70 sendo esse a renda tributável no ano (aposentadoria, salário, aluguel, entre outras informações, ou ainda;
  • Aquele que ganhou mais de R$40.000,00 sendo esse isento, não tributáveis, ou o chamado, tributados na fonte que pode ser (indenização trabalhista ou rendimento de poupança);
  • Para aqueles que fizeram a venda de bens (Casa ou apartamento), ou ainda que tenha comprado ou vendido ações na bolsa de valores;
  • Para aquele que recebeu maia de 142 mil reais por meio de atividade rural ou ainda que tenha obtido algum prejuízo e esse deverá ser compensado;
  • Deverá fazer a declaração do imposto aqueles que tenham bens com mais de 300 mil reais;
  • Como também aqueles que passaram a morar no Brasil em qualquer mês do ano anterior, no caso, 2020 e ficou em solo brasileiro até 31 de Dezembro de 2020;
  • E ainda para aquele que vendeu um imóvel, no prazo de 180 dias, efetuou a compra de um novo imóvel fazendo o uso da isenção da renda do imposto no ato de venda do imóvel;

Dedução para reduzir o imposto

Dedução para reduzir o imposto

Essa seria uma forma de exceções, que podem ser apresentadas da seguinte forma aos contribuintes:

  • Dedução com dependentes podendo o valor ser de R$2.2275,08
  • Despesas com a educação para cada dependente ou mesmo com a própria educação: R$3.561,50
  • Desconto com empregada doméstica, caso esse tenha, deverá ter entendimento que será limitado a um empregado por declaração, sendo o valor de R$1.200,32
  • Despesas com saúde, não existe limite para essa dedução.

Quem não declara o IR 2021?

Quem não faz a declaração são os chamados isentos do pagamento de renda, e nesse caso existe os específicos que são:

  • Todos aqueles que possuem uma renda mensal ou abaixo do que é cobrado pela cota de alíquota de isenção (nesse caso, não precisam declarar imposto de renda);
  • Aqueles que estão estabelecidos segundo a lei 7.713/88 (Câncer, Aids, Paralisia, entre outros) para esse caso em especifico, é necessário fazer a declaração do imposto de renda 2021, e assim ter a isenção por meio da solicitação na fonte pagadora, ou seja, nesse caso a isenção não é automática;

Formas de fazer a declaração do imposto de Renda

baixar app declaração do imposto de Renda

Para fazer esse procedimento que é obrigatório a todos os brasileiros que se enquadrem nessas condições de regras mencionadas acima, existe para todos três formas:

  • A primeira forma pode ser por meio do aplicativo “Meu Imposto de Renda” sendo esse disponibilizado em tablets e aparelho celular (versão IOS ou Android);
  • Pode ser feito em qualquer computador, basta ter o sistema do IR atualizado;
  • Feito diretamente no site da Receita Federal através do certificado digital

Declaração simplificado ou completa

Essa forma de declaração pode ser escolhida pelo contribuinte para as duas maneiras:

  • Declaração simplificada: nesse caso será aplicado um desconto de 20% (padrão), para esse caso fica independentemente relacionado a gastos com saúde, educação como pode ser exemplificado;
  • Declaração completa: O limite nesse caso será de 20% no valor de R$16.754,34;

Programa para Download IR 2021

Para fazer a declaração, como já estar mencionado no tópico anterior, é possível fazer a declaração pela forma usada com o programa. O mais prático de fazer uso do programa é que ele permite que o contribuinte repasse todas as informações necessárias e assim fique livre da malha fina, para saber como é possível fazer a sua declaração, conheça o passo a passo de como fazer o download do programa IR – Imposto de Renda 2021:

  • Acesse o site da Receita Federal pelo link https://receita.economia.gov.br/ ;
  • Escolha a opção chamada “Programa Chamado IRPF 2021”;
  • Faça o download do programa em seu computador;
  • Faça a instalação do programa;

Existe a possibilidade de ter o mesmo programa em celulares ou tablets, nesse caso para ter acesso ao programa, basta fazer o download por meio de seu IOS ou pelo Android através do Google Play e do App Store.

Outra informação importante para esse requisito sobre o programa é com relação ao seu cronograma de início para fazer o download do programa, isso porque a Receita Federal disponibiliza que o contribuinte possa dias antes mesmo de dá início a declaração que este possa fazer o download do programa para se programa e fazer todo o procedimento com mais cautela e sem perder nenhum dos prazos.

Cronograma de Declaração do imposto de Renda 2021

Se anualmente os contribuintes fazem a declaração do imposto de renda 2021, é importante que esse tenha conhecimento em relação à quando inicia o procedimento de declaração e quando este encerra, isso é de suma importância para que este não acabe pagando uma multa indesejável. Para não perder os prazos entenda como será liberado as datas previstas pela Receita Federal:

  • Liberação do Download: 25/02/2021 através da Receita Federal
  • Início da entrega das declarações: 07 de Março de 2021
  • Último dia para fazer a declaração: 30 de Abril de 2021

Esse será o prazo estimado pela Receita Federal, o contribuinte terá mais de 50 dias úteis para fazer a declaração. Quanto mais rápido é feito a declaração, os primeiros lotes ficarão disponibilizados com mais praticidade.

Multa Cobrada

Muitos brasileiros não sabem, mas, existe uma cobrança para aqueles que não fazem a declaração do imposto de renda 2021 isso porque anualmente é estimado um quantitativo de declarações que podem ser feitas, quando esses não fazem dentro do prazo ou dentro do cronograma mencionado acima este terá que fazer o seguinte procedimento para não permanecer na malha fina:

O contribuinte deverá comparecer fazer a declaração no sistema do IR até 30 de Abril, caso este não o faça, após a data o próprio sistema faz uma notificação de que o contribuinte deverá efetuar o pagamento da multa, a chamada Notificação de Lançamento da Multa pode ser impressa no próprio programa de declaração, incluindo que o contribuinte deverá imprimir também o Recibo e o DARF da Multa.

Essa multa tem um valor mínimo que estar calculado em R$165,74. Esse valor pode sofrer um acréscimo para o valor máximo em 20%. O contribuinte terá um prazo de 30 dias úteis para efetuar o devido pagamento da multa, caso este não faça, acabará sendo notificado novamente com a multa e a inclusão da incidência com os juros mora que serão inclusos, e assim efetuar o devido pagamento.

Liberação ou Restituição do Lote IR 2021

A restituição tem grande importância, se o contribuinte faz a declaração com antecedência, esse poderá ter o retorno das restituições nos primeiros lotes.  Segundo a Receita Federal, os primeiros lotes que serão liberados estarão voltados para aqueles que tem prioridade, onde a data de restituição desse primeiro lote será para o dia 17 de Junho de 2021, porém, as demais restituições seguem da seguinte maneira:

  • Primeiro lote: 15/07/2021
  • Segundo lote: 15/08/2021
  • Terceiro lote: 16/09/2021
  • Quarto lote: 15/10/2021
  • Quinto lote: 18/11/2021
  • Sexto lote: 16/12/2021

Eles terão início no mês de Junho e seguem até o mês de Dezembro para aqueles que não perderam os prazos e caíram na malha fina. Dessa forma, acompanhar o cronograma tem grande valia para saber identificar em qual data possível o contribuinte irá receber a restituição.

É possível que o contribuinte no período em que estiver para ser liberado os lotes faça a chamada Consulta de Restituição IRPF, então confira como fazer a consulta:

  • Acesse o site da Receita Federal;
  • No campo chamado Restituição, clique na opção Consulta à Restituição;
  • Ao abrir o site, informe o número do CPF, o ano estará em “2021”, data de nascimento;
  • Informe os caracteres que consta no informativo;
  • Em seguida, clique na opção Consultar;

Na sequência, vai aparecer todas as informações necessárias a respeito da Restituição ou Liberação do IR 2021, mas é importante frisar que este deverá ser consultado apenas no mês de Junho em diante.

Tabela Alíquota de Imposto de renda 2021

Alíquota de Imposto de renda 2021

Para esse caso em específico, a Receita Federal tem uma tabela com os percentuais para cada case de cálculo, isso contribui muito para manter atualizado as informações que você confere abaixo:

Base de cálculo  Alíquota do IRPF Parcela a deduzir do Imposto
R$22.847,76
De R$22 mil até R$33.919,80 7,5% R$1.713,58
De R$33.919,81 até R$45.012,60  15% 15% R$4.257,57
De R$45.012,61 atéR$55.976,16 22,5% R$ 7.633,51
Maior que R$55.976,17 27,5% R$ 10.432,32

É importante salientar que este ano, o Governo Federal concedeu para o IR 2021 cerca de 4% como reajusta para essa tabela, claramente esse reajusta estar superior ao índice da inflação o que geralmente na prática, todo brasileiro paga um valor menor.

Ao acessar o site é possível acessar o chamado Simulador de Alíquota Efetivas, saiba como utilizar:

  • Acesse o site da Receita Federal;
  • Escolha a opção Simulador de Alíquota Efetiva;
  • Informe o Rendimento Tributável;
  • Preencha todas as informações solicitadas;

A medida em que o contribuinte vai digitando as informações, principalmente na questão dos valores e a quantidade de dependentes, esse terá uma prévia do total deduzido.

Novidades IR 2021

Como foi feito o reajuste e anualmente a Receita Federal disponibiliza o programa e as informações gerais, este ano, o contribuinte deverá seguir as recomendações no ato de preencher o formulário. Dessa maneira, confira as informações:

A chamada alíquota efetiva: sofreu um reajuste e o contribuinte poderá saber o valor que irá receber consta no canto da tela em um dos tópicos mencionados acima;
CPF dos Dependentes: em 2020, esse sistema de incluir o CPF dos dependentes era facultativo e para maiores de 12 anos, porém, este ano será obrigatório independentemente da idade deverá constata o número do CPF dos dependentes no sistema;
Declaração dos bens: este deverá ser obrigatório, uma novidade que está sendo vigorada a partir deste ano e que pode ser mantida nos próximos anos;

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *