Como funciona o PIS 2021 – tudo que deve saber

Última atualização em 16 de dezembro de 2019

O Programa de Integração Social (PIS) está presente na vida de todo mundo que trabalha na iniciativa privada, com registro. Trata-se de uma ferramenta usada pelo governo federal para unificar as contribuições sociais do trabalhador e seus direitos, como o abono salarial e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O seu correspondente na iniciativa pública é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), que funciona da mesma forma. É devido a isso que, geralmente, vê-se as siglas PIS/PASEP juntas: porque elas funcionam da mesma maneira, mas atendem a tipos diferentes de trabalhadores.

Muitos cidadãos conhecem o PIS como um número e isso está mesmo correto: além de um programa do governo federal, ele é um número que identifica cada trabalhador, permitindo que a Caixa Econômica Federal separe as suas contribuições sociais e direitos.

 Onde encontrar o PIS

 O número do PIS é obrigatório quando uma pessoa muda de emprego ou quando ela precisa sacar algum direito trabalhista; além disso, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) também pode pedir essa informação ao trabalhador.

A primeira forma de encontrar o número do PIS é consultando a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS): geralmente, ele está dentre as informações pessoais do indivíduo. Caso ele não esteja nas primeiras páginas e o indivíduo tenha registro profissional, vale a pena olhar essas páginas: pode ser que o empregador tenha inserido o PIS.

O cidadão também encontra seu número do PIS acessando o site Meu INSS; cadastrando seus documentos, a pessoa tem acesso aos seus dados previdenciários e trabalhistas, dentre eles esse dado específico. É só:

  • Acessar o Meu INSS clicando aqui;O número NIS está disponível no site Meu INSS
  • Clicar na opção “Entrar” e no botão “Login”;
  • Fazer um cadastro na página Gov.br;
  • Depois de cadastrado, voltar ao menu inicial do Meu INSS;
  • Procurar pelo perfil do usuário, à direita

Ali, a pessoa cadastrada vai encontrar seu nome completo e mais algumas informações, como o seu número do PIS.

Se nenhuma das duas opções funcionar, o cidadão pode pedir a informação na Caixa Econômica: basta ir a uma agência, mostrar os documentos pessoais (carteira de trabalho e RG) e pedir um extrato do PIS. O banco emite o documento em poucos minutos.

 Quem nunca trabalhou pode solicitar o extrato do PIS?

 A existência de um número do PIS está estritamente relacionada aos registros profissionais do cidadão. Nesse caso, uma pessoa que nunca teve sua carteira de trabalho registrada também não possui número PIS; por isso, não dá para solicitar um extrato à Caixa Econômica. No entanto, o cidadão pode pedir a sua certidão negativa.

Funciona assim: quando uma empresa registra um novo funcionário, ela precisa saber o número do PIS dessa pessoa para abrir uma nova conta de contribuição do FGTS. É em decorrência disso que o empregador pede ao novo funcionário um extrato ou apenas o número mesmo.

Porém, quando se trata do primeiro emprego registrado dessa pessoa, ela precisa provar ao seu empregador que não tem um PIS; nesse caso, é preciso solicitar uma certidão negativa. É muito importante frisar que o trabalhador nunca pode criar por si só uma inscrição no PIS: somente as empresas são liberadas para fazer isso.

Como consultar o PIS 2021

Como consultar o PIS 2021

Na realidade, o trabalhador não consulta o seu PIS, mas sim o seu eventual abono salarial e o seu fundo de garantia; esses dois são visualizados no sistema da Caixa Econômica Federal por meio da inserção do número PIS e é por isso que alguns trabalhadores ficam confusos.

Há muitas formas de consultar o Programa de Integração Social e a mais fácil é comparecer a uma agência da Caixa. O trabalhador só precisa informar alguns dados no balcão para ficar sabendo se tem abono ou fundo de garantia à disposição e os respectivos valores.

Outro meio de consultar o PIS é ligando para a Caixa Econômica; o número é 0800 726 0207. O banco também oferece um sistema virtual para que os trabalhadores consultem o seu PIS:

  • Acesse aqui;caixa login consulta o pis 2021
  • Informe o seu CPF, e-mail ou NIS (mesmo número do PIS);
  • Clique em “Cadastrar/esqueci a senha”;
  • Estabeleça uma senha de acesso;
  • Faça o login

As agências da Caixa Econômica também estão à disposição de qualquer trabalhador que queira consultar o seu abono ou fundo de garantia por meio do PIS.

Quem recebe o PIS deve declarar no imposto de renda?

A declaração de imposto de renda, comum em todo começo de ano, deixa os beneficiados com o PIS um pouco preocupados: afinal, a declaração é obrigatória ou não? A resposta é sim: quem faz um saque de abono salarial ou de fundo de garantia deve especificar isso na sua declaração de imposto de renda.

Afinal, o abono e o fundo de garantia são uma renda a mais que o trabalhador recebeu naquele período; sendo assim, a Receita Federal precisa ser comunicada. Por isso, quem faz um saque de PIS deve manter o comprovante em lugar seguro para que ele não desbote até o momento de preencher a declaração de imposto de renda.

Leia também: Carnê leão 2021 – tabela, cálculo, como pagar e como preencher

Como sacar o PIS 2021

O saque do PIS depende do calendário do abono e do fundo de garantia: em 2019, por exemplo, o governo federal liberou o saque imediato de até R$ 500,00 por conta do FGTS, tudo de acordo com um calendário baseado no mês de nascimento. Por isso, quem quiser sacar o PIS na forma de FGTS tem de buscar a Caixa Econômica e conferir o calendário.

O mesmo acontece com o abono salarial, que só é liberado para quem está com os seus dados atualizações na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e tem registro na carteira de pelo menos cinco anos (contando todos os trabalhos).

Para realizar o saque do PIS, o cidadão precisa se dirigir a uma agência da Caixa e apresentar os documentos pessoais. No caso de o saque do FGTS for devido à aposentadoria, por exemplo, não pode faltar a Carta de Concessão de Benefício. Vale dizer que não é preciso agendar horário para retirar PIS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.